Crônicas de um ser entediado!
Sim, há 21 anos atrás, quem iria imaginar que aquela bandinha, formada por 5 integrantes, seria hoje a mais ouvida entre os jovens brasilei... ops! Discurso errado! xD
Então, há exatos 21 anos, nasce uma praga, uma pessoa que passou todo esse tempo atentando o juízo das pessoas que estavam ao seu redor. O chato, o teimoso, o que enchia o saco... Mas que depois de muita coisa passada, ama tudo o que é hoje e tudo o que possui ao seu redor. (e ainda dizem que é difícil falar mal de si mesmo! rs)
Bom, brincadeiras a parte (tinha que ter, se não, não seria Diego. rs)... o tempo passa! E por incrível que pareça, cada vez mais rápido. A gente tem sempre 365 dias (às vezes mais) do ano para parar e pensar na vida, mas, incrivelmente, só fazemos isso quando vemos que estamos cada vez mais próximos da morte, ou seja, quando ficamos mais velhos! hauiahua (que horror, gente! rs) Não foi diferente comigo. Tava vendo, mexendo nos meus botões e comecei a lembrar e avaliar várias coisinhas, não só passadas ao longo do ano, mas também as passadas ao longo desses 21. E acreditem, o resultado dessa análise foi bem positivo. Uffa! (já pensou passar 21 anos e, quando você para pra pensar, descobre que é um merda?! haha.. trágico)

Foram 21 anos de lições. Acho que é a expressão perfeita pra definir isso. "21 anos de lições". (quase um slogan). É engraçado parar e ver que vivemos um contínuo processo de aprendizagem. Desde o primeiro aninho, quando a primeira palavra era proferida "ma - ma - ma... donnna", hahaha (precisava zoar rs); a primeira decada de vida, na qual os principios básicos são ensinados; a adolescência, o momento em que você descobre que o mundo não se restringe às quatro paredes da sua casa, e que esse lado exterior oculto é muito mais feroz do que os contados pela sua mães nas historinhas antes de dormir; a fase adulta, quando descobrimos que os problemas existem, sim, e precisamos enfrentá-los (porque mãmãe e papai não são eternos!). Enfim, estamos sempre aprendendo. É... acabei gostando desse troço chamado vida! É divertido viver. É bom acordar e não saber de nada, saber apenas que você terá algo pra saber, mas que não saberá por completo! Que louco, não!? 21 anos sabendo que não sei tudo, e serão mais 21 outros sabendo que não saberei. =)

Tá, chega de falar... (os que me conhecem já teriam mandado eu calar a boca! xD) mas como isso aqui é um registro escrito, vou continuar falando! hahah. Tá lendo porque quer, mané! =P

A parte séria agora... Foi difícil. Muita coisa foi difícil. Não foi fácil ser Diego durante 21 anos. Passei por situações diversas na minha vida. Momentos de absoluta felicidade, momentos de profunda tristeza, momentos que prefira que não fossem momentos, rs, mas como já havia dito, foram lições, que com muito esforço foram cumpridas, e estão, hoje, devidamente arquivadas na pastinha de "lições da vida" (no final teremos um livro né, povinho amado! rs). E sabe qual é o mais legal disso tudo!? Diferente daquelas provas difíceis e cabeludas que fazemos, para esses exames que a vida aplica, sempre podemos consultar nosso arquivinho! =) Aí tudo (quase sempre) fica mais fácil! E convenhamos, quem nunca deu uma olhadinha naquela lição anterior para responder a atual?! Ham.. haiuhauia. É o que venho fazendo até hoje. E vamos que a vida segue... haha.

Esse ano, tive alguns fragmentos de vitórias. Não digo vitória por completo. Essa, é bom que nunca alcancemos de forma plena, isso nos motiva a querer sempre mais. Passei por ótimos momentos, conheci ótimos lugares, descobri ótimas pessoas. Agradeço a cada um que, de alguma forma, teve participação em minha vida durante esse ano que passou. Uns de maneira mais intensa, outros mais sutis, alguns outros .. aff.. prefiro não comentar! (sou ruim mesmo! tem gente que eu poderia nem ter conhecido, dispenso má cia! haha.. prontofalei! xD) Mas de qualquer maneira, boas ou más companhias, pessoas desejadas ou não, que me tenham feito algum mal ou simplesmente me proporcionaram momentos de extrema felicidade, todas, eu disse TODAS, tiveram enorme participação na construção da minha história e na formação de várias lições. Aprendi com vocês que devo sempre dar valor as pessoas que nos querem bem, aprendi que a amizade está acima de qualquer outro sentimento que (até agora) eu tenha conhecido, aprendi que devemos ser fortes mesmo quando tudo nos propicia a estar fracos, aprendi que bons momentos só são valorizados quando não os temos mais, DESCOBRI o quanto eu sou especial, independente da vontade alheia, aprendi que Diego consegue enfrentar as coisas mesmo quando está atolado até o fundo no problema. Ahhh... sei lá! Aprendi muita coisa. Pessoas passam em nossa vida e agregam valores, positivos ou negativos, mas agregam, e isso que importa! 

Descobri que mundos diferentes se complementam, e que universos parecidos se aproximam! Logo, é "nóis" sempre junto e misturado. haha... 

Goastaria de citar alguns nomes aqui, mas tenho certeza que seria injusto (primeiro porque sou MEGA esquecido, quem conhece sabe, e segundo porque meu lado gerador de discórdia iria querer omitir nomes propositalmente ou até mesmo cita-los negativamente! auhauiahuiahia.. e isso não seria legal! - mentira! seria o máximo.. hahah.. mas sou bonzinho demais para fazer! =P)

De qualquer maneira, queridos e odiados, sintam-se citados! ahiuahiua... (gentee, isso é brincadeira ein! Pelo amor de Cristo! Não odeio ninguem.. rs)

Bom, mais uma vez, quero agardecer a todos vocês que, direta ou indiretamente, compuseram meu ano de 2009, que participaram dos 20 anos. Tive ótimas surpresas, muitas decepções, muitas felicidades, muito trabalho, pouco tempo.. hahah, mas faz parte!

Às pessoas que moram longe (e põe longe nisso rs), que de simples contatos virtuais se tornaram MARAVILHOSOS amigos que amo de paixão, meu muito obrigado! (a indireta tá lançada! =P)

Às pessoinhas fofas que conheci por intermédio de outras e que passaram a ser minhas amigas do fundo do coração, obrigado de verdadeeee por terem surgido! Amo vocês. (recado também tá dado!)

Aos que fazem parte da minha carreira acadêmica, que estão diariamente (ou não) comigo, que me ajudam, me apoiam em minhas insanidades, que me dizem sempre o que tem pra ser feito, que aturam minhas maluquices e peripércias matinais, vespertinas e noturnas, hahaha, obrigado de coração! Vocês já fazem parte de mim. Amo de paixão!

Aos que compõem minha rede social (nossaaa, essa foi bem abrangente! ótima tirada.. haha!), acreditem, apesar de toda brincadeira, vocês também tiveram alguma participação em minha vida durante esse ano, alguns menos outros mais, mas todos tiveram. Obrigado também.

À minha família (aff.. isso já tá parecendo discurso de formatura. Daqui a pouco brota um paraninfo no meio do texto! ¬¬), que SEMPRE me apoiou, apesar de muitas dificuldades, de muitos problemas, situações novas e coisas mais. Tentando sempre se fazer presente, auxiliando, amparando... Obrigado! Demais. E um agradecimento em especial nessa categoria. Para a surpresa de alguns, um agradecimento especialíssimo à MINHA MÃE. Sem ela esses 21 anos não seriam absolutamente nada, simplesmente NÃO SERIAM! Mulher guerrerira que sempre colocou por meta o bem estar do seu filho, que por maiores que fossem as desavenças, nunca negava o colo, nunca negava carinho, por mais errado que o filho estivesse. Por tudo que foi, e sempre será, por tudo que fez e que tenho certeza que faria de novo se necessário, MUITÍSSIMOOOO OBRIGADO! Te amo muito mais do que a capacidade cognitiva dá conta de entender! É incompreensível, irracional! Te amo demais, mãe.

E, claro, a DEUS. Sim, agradeço a Deus. Todas as coisas acontecem com seu concentimento. TODAS. Novamente, TODAAAAS! Esses 21 anos só são graças a Deus.

É isso, meu povooo! 21 anos, muitas lições, muitos tudo! haha

Que venham muitos outros mais... =)

Assina este que vos escreve,

Diego Nogueira

3 Responses
  1. Q texto lindo, Diego! No fim parece uma carta de suicidio e despedida de todos HAHAHA, mas ta lindo mesmo assim! Adoro a sua sinceridade e seu bom humor. Você e super querido! Parabeeeeens! \o/
    Beeeijao!


  2. Ísis Alves Says:

    Ameiiiiiiiiiiiiiiiii, tá lindo e divertido esse texto (morri de ri na parte da Madonna). Quando você se formar, ao invés de ficar quebrando a cabeça p/ bolarum texto "super-legal" pega esse altera, já tá no ponto de formatura...brincadeiras a parte. De verdade adorei o texto e me identifico muito com ele. Beijos e se cuida (E como a Fê disse, ficou parecendo carta de suicidio...ok não se mate só pq eu disse isso, rs)


  3. Ném, finalmente li... hahahah... eu prometo e cumpro!!!!

    ri mto da parte da Madonna... vou usar essa piada em algum texto... com certeza!!!!

    kkkkkkkkkkk... bjunda!


  • Seguidores